Double

PUBLICIDADE

Double - Smirnoff brinda iniciativa do 22º Prêmio Cidadania e celebra conquistas em prol da comunidade LGBT+

A vodka número 1 do Brasil e do mundo é Patrocinadora Master da premiação que acontece neste sábado (2), em São Paulo

29 nov2023 - 11h57
Compartilhar
Exibir comentários
Foto: Joel Jota Júnior

No próximo sábado (2), acontece a maior premiação LGBT+ do Brasil, o 22º Prêmio Cidadania em Respeito à Diversidade LGBT+, com patrocínio master de Smirnoff, a vodka número 1 do Brasil e do mundo.

O Prêmio Cidadania em Respeito à Diversidade LGBT+ é uma iniciativa da Associação da Parada do Orgulho LGBT de São Paulo (APOLGBT-SP) e nasceu em 2001, com o objetivo de apoiar os avanços e conquistas da comunidade na sociedade. Com premissas claras de incentivar a luta por mais respeito e igualdade, a premiação conta com 11 categorias, dentre elas: Personalidade Aliada, Campanha Publicitária, Tema do Ano e a novidade da edição de 2023, Música.

A votação popular é a marca registrada do evento e o público ainda pode escolher quem deve levar os prêmios, escolhendo entre os finalistas de cada categoria no site do Prêmio, até o dia 30 de novembro.  A cerimônia de premiação será no auditório do MASP, em São Paulo.

Por mais um ano, Smirnoff estará presente brindando a iniciativa, além de celebrar ao lado de outras marcas toda a comunidade LGBT+ do país e suas conquistas no mercado de trabalho. "Esse evento é um marco no compromisso da marca que acredita na importância de levantar bandeiras e lutar por um mundo mais igual e diverso", comentou Guilherme Pinheiro, que faz parte do time de Marketing de Smirnoff, quando esteve presente na edição de 2022 do Prêmio.

Pertencente ao portfólio da Diageo, marca multinacional de bebidas premium, Smirnoff tem um posicionamento consistente no apoio às causas LGBT+. Com presença constante em diversos eventos da comunidade, Smirnoff reafirma seu compromisso de garantir diversidade na prática, promovendo ativações e tornando-se uma voz que amplifica o debate sobre a inclusão. Em 2023 não foi diferente: além das várias ações realizadas,  Smirnoff trouxe ao público uma campanha inédita, 100% pautada no reconhecimento dos grandes precursores do movimento LGBT+ no país, afirmando seus valores por meio da comunicação de massa.

Foto: Divulgação/Smirnoff

Seu Orgulho Faz História

Com o conceito "Seu Orgulho Faz História", a vodka número 1 do Brasil e do mundo mostra como o pioneirismo de algumas personalidades foi fundamental para abrir espaço e conquistar direitos para as novas gerações.

Para contar essa história, Smirnoff convidou as drag queens Márcia Pantera,Silvetty Montilla, além do organizador da Parada Do Orgulho  LGBT+,  Nelson Matias, para um papo sobre orgulho onde contam como eles atuaram ao longo dos anos, reforçando a importância da representatividade e da liberdade para que as pessoas possam ser elas mesmas.

Foto: Divulgação/Smirnoff

"A gente está chegando em tantos lugares que não imaginávamos que chegaríamos. A gente precisa ter as pessoas chegando [nos lugares], todos os tipos de pessoas. A beleza chegou. Qual o padrão da beleza, qual era o padrão da beleza? Hoje o padrão da beleza mudou completamente. Sou eu sendo preta, sendo contratada, abrindo espaço", refletiu Márcia Pantera, a primeira drag queen bate cabelo do Brasil.

Relembrar o começo de tudo foi inevitável quando a atriz, drag queen e transformista Silvetty Montilla contou sua trajetória: "Ser transformista naquela época era muito mais complicado, né? Hoje nós estamos no cinema, no teatro, na TV, em boates, eventos, então a oportunidade é bem maior do que naquela época. [...] Hoje nós fazemos a maior Parada do Mundo".

À frente da organização da Parada do Orgulho, Nelson Matias também participou da campanha que foi transformada em série de três episódios, no Youtube de Smirnoff, e contou como passou de participante do evento, em 1997, para militante da causa: "Eu imaginava que a gente precisava ocupar as ruas. A minha referência eram as Paradas americanas, eu chego muito feliz e me junto àquelas pessoas, foi aí que começou a minha história com a Parada em 1997".

"Pela primeira vez eu me vi entre iguais celebrando a minha existência. A Parada deixou de ser apenas uma Parada LGBT+, ela passa a ser uma manifestação que se torna um evento que está no calendário da cidade", complementa Mattias ao refletir sobre a importância de se incentivar a organização e a força do coletivo em termos de militância.

Do mesmo modo, Smirnoff tem o propósito claro de ser a faísca que acende o coletivo e conecta as pessoas, por isso a campanha consolida ainda mais o trabalho que a marca vem fazendo em prol da diversidade, especialmente em relação às questões LGBTQIAPN+ e pautas raciais.

Para Darline Oliveira, coordenadora de ESG da Diageo, tanto a campanha quanto a presença no 22º Prêmio Cidadania refletem o compromisso da marca em contribuir amplificando as vozes das minorias:  “Somos a vodka número 1 do Brasil e do mundo, além de uma marca plural e democrática. Essa posição reforça a importância de liderarmos compromissos que provoquem impactos positivos na sociedade".

NoYoutube de Smirnoff é possível conferir a íntegra da Série "Seu Orgulho Faz História", além de acompanhar tudo o que vai rolar na maior premiação LGBT+ do Brasil.

APRECIE COM MODERAÇÃO. NÃO COMPARTILHE COM MENORES DE 18 ANOS.

Diageo
Compartilhar
Publicidade
Publicidade
Double Mapa do site