Double

PUBLICIDADE

Mundo

Double - Rússia ataca Kiev com drones pelo segundo dia seguido, após pausa de semanas

Invasores russos lançaram diversas ondas de ataques com drones kamikaze Shahed iranianos contra diversos pontos da Ucrânia

19 nov2023 - 07h58
(atualizado às 08h17)
Compartilhar
Exibir comentários
No último dia 3, a Rússia lançou um ataque maciço de drones atingindo infraestruturas essenciais no oeste e no sul da Ucrânia e destruindo residências privadas e prédios comerciais em Kharkiv, a segunda maior cidade da Ucrânia, segundo autoridades
No último dia 3, a Rússia lançou um ataque maciço de drones atingindo infraestruturas essenciais no oeste e no sul da Ucrânia e destruindo residências privadas e prédios comerciais em Kharkiv, a segunda maior cidade da Ucrânia, segundo autoridades
Foto: REUTERS/Yevhen Titov

Quinze das 20 aeronaves foram abatidas pela defesa ucraniana, segundo administração militar da capital. Drone também foi derrubado perto de Moscou, dizem russos. Pelo segundo dia consecutivo, e após uma pausa de várias semanas, na madrugada deste domingo, 19, os invasores russos lançaram diversas ondas de ataques com drones kamikaze Shahed iranianos contra diversos pontos da Ucrânia, incluindo a capital, Kiev. A administração militar da cidade através de suas redes sociais.

"Os veículos aéreos não tripulados do inimigo foram lançados em vários grupos e atacaram Kiev em ondas, de diferentes direções, e ao mesmo tempo mudando constantemente os vetores de movimento ao longo da rota", explicou Serhiy Popko, chefe da administração militar via Telegram. "É por isso que houve alertas de ataques aéreos em diferentes momentos na capital", acrescentou.

A Força Aérea Ucraniana informou que os seus sistemas de defesa destruíram 15 dos 20 drones kamikaze Shahed de fabricação iraniana que se dirigiam para as regiões de Kiev, Poltava e Cherkasy. Inicialmente não houve relatos de "danos críticos" ou feridos. Pelo menos metade dos drones abatidos dirigiam-se para Kiev e arredores.

Drone perto de Moscou

Por sua vez, o governador de Cherkasy, Ihor Taburets, informou que os restos de um drone danificaram cinco casas, mas não causaram feridos. Após uma pausa de 52 dias, os russos retomaram os ataques aéreos contra Kiev, e as autoridades ucranianas esperam uma repetição da ofensiva russa contra a infraestrutura crítica do país este ano, cujo objetivo é prejudicar o funcionamento do aquecimento das casas durante o inverno.

A defesa antiaérea russa afirma ter abatido um drone neste mesmo dia na região de Moscou, a menos de 100 quilômetros da capital russa. "De acordo com dados preliminares, não há feridos ou danos como resultado da queda de fragmentos do drone", escreveu o prefeito de Moscou, Sergei Sobyanin, no Telegram. Posteriormente, imagens de uma estrada onde supostamente caíram pedaços da aeronave abatida foram divulgadas nas redes sociais.

(Reuters, AFP, EFE)

Deutsche WelleA Deutsche Welle é a emissora internacional da Alemanha e produz jornalismo independente em 30 idiomas.
Compartilhar
Publicidade
Publicidade
Double Mapa do site

1234